sexta-feira, 16 de abril de 2010

PAÍS DO FUTEBOL


Ao mesmo tempo em que Rio de Janeiro e quase 40 municipios do Nordeste brasileiro choram seus milhares de mortos , desabrigados e desaparecidos , o governo Lula da Silva deu ontem uma enorme demonstração de insensibilidade e de arrogância no trato do dinheiro público . Indiferente aos insistentes pedidos de socorro e de ajuda das vítimas das enchentes e deslizamentos , o governo federal anunciou um pacote de isenção fiscal para a FIFA e seus parceiros comerciais que montarão a Copa do Mundo de 2014 . Em outras palavras : não existe dinheiro para ajudar brasileiros que estão passando fome e necessidades , mas existe dinheiro para permitir que um país que cobra tantos impostos e enfrenta tantas misérias e conflitos sociais , hospede uma milionária copa de futebol . Venceram , pois , as exigências descabidas do presidente da Fifa , Jerôme Valcke. Obedientemente , Lula da Silva , Ricardo Teixeira , Nelson Machado e Orlando Silva Jr. isentaram totalmente a Fifa , O Comitê Local Organizador e todas as empresas por ela contratadas , inclusive redes de TV , do pagamento de todos os impostos , taxas e tributos ( federais , estaduais e municipais ) na execução dos serviços e operações relativos à Copa do Mundo de 2014 ! Seis advogados vieram especialmente da Suiça para ajudar a encostar os brasileiros na parede . E tem mais : cedendo diante das implicâncias da Fifa para sediar a abertura da copa , o São Paulo Futebol Clube aumentará de R$ 240 milhões para R$ 400 milhões o custo da reforma de seu estádio . O dinheiro cairá no Morumbí através de empréstimos do BNDS . Já o Estádio Mané Garrincha , em Brasilia ,dispenderá R$ 700 milhões para fazer a mesma coisa . Não se sabe quanto gastarão os demais Estados que hospedarão jogos da copa .No Rio , onde as despesas serão igualmente milionárias , o desastrado prefeito Eduardo Paes teve ontem outras preocupações : proibiu mediante decreto que na rêde municipal de ensino os alunos entrem na escola usando bonés , chapéus ou similares . Proibiu também o uso de objetos eletrônicos como celulares e aparelhos de MP3 e das chamadas "pulseirinhas do amor" . O prefeito não falou nada a respeito da prometida ajuda ( que ainda não chegou) às vítimas das enchentes . Ele e o governador mantêm uma cuidadosa distância dos morros cariocas . Realmente , somos o país do futebol !!!

Um comentário:

Eduardo P.L disse...

O curiso é que o Lula tem sido um interlocutor duro com o Obama e os Estado Unidos, com relação a turminha do Irã, Venezuela, e cia, e se intimida com pressões da Fifa! Duro com os aposentados, flexivel com o Futebol. Claro que não tenho as sifras envolvidas em nenhum desses casos, mas é estranho fazer reverência com o chapéu alheio! E nesse caso, com dinheiro do Povo brasileiro.