sexta-feira, 19 de março de 2010

AS DAMAS DE BRANCO


Havana , 18 de março de 2010 . O dia despertou sob forte temporal no miserável bairro de Párraga , subúrbio da capital , o que não desanimou as Damas de Branco a iniciarem , pelo quarto dia consecutivo , a sua marcha pacífica e silenciosa para exigir a libertação de dissidentes políticos . Ao todo não passavam de 30 mulheres , em sua maioria mães ou esposas de 70 prisioneiros que apodrecem nas masmorras castristas . Nas batas ou camisetas brancas traziam estampadas as fotos do pedreiro Orlando Zapata Tamayo e de outros condenados a penas que variam de 20 a 30 anos por "desobediência" e "desordem" . Tamayo morreu no mês passado depois de 85 dias de greve de fome . Sua mãe , Reyna Tamayo , participou da marcha .Lula estava em Havana quando o mundo pediu que êle interviesse para salvar da morte o operário . Ele negou socorro . Nesta quinta-feira ,mesmo sabendo que enfrentaria perigos e ameaças , a líder das Mulheres de Branco , Laura Pollán , deu ordem para que a marcha começasse . Vestidas de coragem e dignidade , as mulheres começaram a descer as ruelas encharcadas em direção à igreja local .Assistiriam a uma missa e , em seguida , se dirigiriam à casa de Laura cujo marido , Hector Maceda , purga 20 anos de prisão por contestação ao regime . A meio caminho foram agredidas por mais de 300 serviçais do Partido Comunista Cubano , estrategicamente dispostos no local . A covarde agressão foi completada pelas mulheres masculinizadas que integram as tropas de choque do Ministério do Interior . Debaixo de socos e pontapés , as Damas de Branco foram jogadas no interior de dois ônibus oficiais e conduzidas a local desconhecido . Este o retrato fiel da ditadura que há 50 anos sufoca o povo cubano . Este o retrato do regime ao qual Lula da Silva , uma vez mais , foi pedir a benção em nome do Brasil . Você concorda com isso ?

2 comentários:

Eduardo P.L disse...

Waldo,

o que leva a admiração pessoal de um metalúrgico, a um velho guerrilheiro. Coloca acima sob suas admirações pessoais o peso da pompa do cargo de Presidente do Brasil. Como se pudesse se transferir do pessoal para o chefe de estado, preferências individuais! O estado brasileiro não pode se misturar com o PT de São Bernardo, sob pena de se miniaturizar a importancia do Brasil no concerto das nações!

Eduardo P.L disse...

Waldo,

bom dia e BOM DOMINGO!
Não costumo fazer isso, AVISAR sobre postagens em meus blogs, mas abro uma exceção no seu caso por motivos óbvios! Todo Domingo posto no Blog Viciado o MELHOR post da SEMANA!!

Parabéns e forte abraço!