quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O NOVO HERODES


Graças a pelo menos dois fatos relevantes , o dia 23 de fevereiro de 2010 se inscreveu nas páginas de nossa história . Em reunião realizada no Rio de Janeiro , 67 bispos de Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB ,divulgaram documento em que repelem ásperamente o III Programa Nacional de Direitos Humanos patrocinado pelo governo Lula da Silva . "As propostas -- diz o documento -- banalizam a vida , descaracterizam a instituição familiar do matrimônio , cerceiam a liberdade de expressão da imprensa , reduzem as garantias jurídicas da propriedade privada e limitam o exercicio do Poder Judiciário.Correm ainda o perigo de reacender conflitos sociais já pacificados com a lei da anistia e ameaçam a paz social" . Em São Paulo , em outra nota , bispos da CNBB , descontentes , classificaram Lula de "Novo Herodes" .O programa governamental foi divulgado recentemente pelo ministro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República , Paulo Vannuchi , apontado como ex-militante da organização terrorista Aliança Libertadora Nacional. O programa é apoiado pela ministra-chefe da Casa Civil , Dilma Roussef , apontada como ex-militante da organização terrorista Vanguarda Armada Revolucionária-Palmares .
Quase ao mesmo tempo , o nosso presidente andarilho desembarcava em Havana para inaugurar obras de modernização do porto cubano de Mariel ,nas quais o Brasil está enterrando 450 milhões .Dinheiro de impostos e tributos pagos por nós brasileiros . Foi recebido pelo ditador comunista Raul Castro , que herdou o trono após 40 anos de reinado de seu irmão Fidel . É a terceira viagem de Lula à ilha em menos de dois anos . Como fiel retrato do regime castrista , no momento em que ele desembarcava em Cuba o mundo denunciava a morte do preso politico Orlando Zapata Tamayo , de 42 anos , que estava encarcerado há oito anos numa masmorra de Havana junto com outros 200 opositores do regime . Zapata morreu após 82 dias de greve de fome . Encerrada a cerimônia do beija-mão , nosso andarilho fez um discurso aos pés de Raul . Não condenou as prisões politicas castristas, mas condenou os presos politicos que fazem greve de fome . E seguiu viagem para o Haiti . Se tudo der certo , em breve ele visitará oficialmente o Brasil . A tempo , pelo menos , de votar em Dilma Roussef .

Um comentário:

Eduardo P.L disse...

E o que preocupa é que a Dona Dilma poderá ser nossa governante por mais quatro anos! O Brasil não merece!